Fabrica

5 dicas práticas para seu currículo técnico

O currículo é o documento que abre a porta de uma nova empresa. Eu não posso enfatizar o quão importante é investir tempo e energia nesse processo, já que seu currículo é a primeira coisa que o apresenta a potenciais empregadores. Nesse caso, deve incluir informações úteis suficientes para que todos entendam que você é a pessoa certa. Portanto, posso garantir que valerá a pena.

Neste artigo, apresento cinco dicas que você deve considerar ao escrever seu currículo técnico.

Comece com o básico

É muito importante acertar no básico ao construir seu currículo, uma vez que cada uma dessas informações deve consistir em informações gerais que mostrem quem você é, o que deseja e quais são as suas vantagens sobre os outros. Aqui estão algumas coisas para manter na mente:

  • Limite seu currículo a uma ou duas páginas. Geralmente, se você tem menos de cinco anos de experiência, deve ter uma página.
  • Não use parágrafos longos que se prolongam indefinidamente. A primeira vez que seu currículo é revisado, pode ser uma breve varredura em busca de palavras-chave.
  • Use marcadores sempre que possível, pois isso aumenta a capacidade de digitalização do documento.
  • Explique as siglas – nem todo mundo que lê seu currículo é um técnico.
  • Inclua suas informações de contato atualizadas e o melhor número de telefone para entrar em contato com você.
  • Use palavras-chave em seu currículo. Em vez de dizer “proficiência em administração de banco de dados”, diga “proficiência em SQL Server e MySQL”.
  • Revise seu currículo. Um erro de digitação em um currículo é como um olho roxo. Peça a um amigo para revisar seu currículo antes de postá-lo ou enviá-lo.

Currículo personalizado para cada trabalho

Embora isso pareça óbvio, você não acreditaria em quantos currículos genéricos eu recebo todos os dias, alguns fica difícil descobrir qual é o interesse do candidato, se ele quer ser programador ou assistente comercial… O pessoal de Recursos Humanos está comparando seu currículo com os requisitos do cargo e procurando palavras-chave específicas relacionadas ao trabalho.

É importante que você destaque suas habilidades e experiência para se adequar ao cargo para o qual está se candidatando?Sim, sempre.

Leia o anúncio de emprego com atenção e inclua em seu currículo apenas o que é relevante para o cargo. Seja específico. Se você está se candidatando a uma posição de desenvolvedor .NET e seu currículo fala sobre sua vasta experiência com VMWare, ele não passará da triagem de currículo. Agora, se de fato você não tem experiência com os requisitos do cargo, considere esperar para se inscrever até que você faça isso.

Você também deve fazer algumas pesquisas e descobrir o que procuram em um candidato. Muitas vezes você pode encontrar essas informações no site da empresa ou, se a empresa for grande o suficiente, você pode encontrar essas informações na web.

É uma boa ideia manter uma lista completa de suas realizações organizada por tipo de habilidade ou alguma outra categorização. Ao se candidatar a uma posição, tire proveito desta lista para não começar do zero.

Além disso, acompanhe qual currículo foi enviado para qual empresa . Diversos são os casos que um candidato é chamado para entrevista pelo currículo enviado, e quando chega na empresa apresenta outro completamente diferente.

Foco nos resultados

A consideração dos aspectos financeiros de uma empresa continua caindo nas organizações. O que quero dizer com isso é, por exemplo, que os desenvolvedores e designers podem ser solicitados a considerar o ROI de uma melhoria antes de assumir um projeto. Isso afeta a forma como os candidatos são avaliados para os cargos.

As empresas de hoje esperam que funcionários de todos os níveis considerem as ramificações financeiras de seus investimentos e projetos. Isso está sendo sentido nas equipes de TI ainda mais à medida que as empresas investem em tecnologia para gerar receita e reduzir despesas. Os dias de criar um aplicativo inteligente porque é legal acabaram. Sugiro que você considere os resultados dos projetos em seu currículo, em vez de se concentrar apenas em tecnologia.

Digamos que você tenha criado um aplicativo de carrinho de compras em seu trabalho anterior.

Uma opção seria dizer “ Desenvolvi um aplicativo de carrinho de compras em Node.js ”. A melhor opção seria focar no negócio e dizer “Aumento da receita com o desenvolvimento de carrinhos de compras para sites de comércio eletrônico. O aplicativo baseado em Node.js melhorou a experiência do usuário, o que resultou em uma redução de 50% nas transações de comércio eletrônico abandonadas. ” Percebeu a diferença?

A realização orientada para os resultados não apenas o ajudará a conseguir uma entrevista, mas também fornecerá um tópico que garanto que o entrevistador desejará discutir mais a fundo.

Lidar com lacunas de emprego

O melhor cenário seria limitar as lacunas no emprego. Se você está desempregado, faça algum curso para aprender uma nova habilidade ou até mesmo se voluntariar usando suas habilidades e experiência pode ajudar a lidar com as lacunas no emprego. Você pode até transformar a situação negativa de estar desempregado por um período em uma oportunidade de mostrar o quão engenhoso você é quando se depara com a adversidade. Indique isso em seu currículo.

Além disso, pense fora da caixa ao lidar com as lacunas de emprego.

Entrevistei um candidato a um cargo de programador que ficou um ano sem emprego. Eu descobri sem querer que esse indivíduo estava nas “trabalhou com voluntário em um ONG”. Ainda mais impressionante foi que ele assumiu muitas responsabilidades de TI durante esse período, incluindo o desenvolvimento de um site pra a ONG captar doações e apresentar suas atividades com maior relevância. Isso deveria estar em seu currículo, em vez de uma lacuna no emprego.

Seja criativo (mas honesto) ao lidar com as lacunas de emprego.

Fornecer documentação de apoio

currículo técnico

Em primeiro lugar, certifique-se de limpar seus perfis e conteúdo de redes sociais. Se você tem um perfil no LinkedIn , o que eu recomendo fortemente, certifique-se de que ele esteja atualizado e consistente com o seu currículo (pelo menos as partes públicas). Remova todas as fotos de perfil malucas do Facebook enquanto procura um novo emprego.

No que diz respeito à documentação de apoio para o seu currículo, há várias coisas que você pode fazer para agregar valor a você como candidato:

  • Mantenha um blog de tecnologia . Você pode mostrar seu conhecimento detalhado de sua especialidade e também sua habilidade de redação.
  • Se você está se candidatando a um cargo de design, um site pessoal destacando alguns de seus projetos ou sites que você desenvolveu seria ótimo.
  • Se você está se candidatando a uma posição de programação e deseja publicar parte de seu código, tome cuidado. Você não quer postar milhares de linhas de código sem contexto. Em vez disso, forneça exemplos e explique qual problema você resolveu ou qual método de programação usou. Ninguém consegue ler seu código e tentar descobrir o que você está fazendo.

Não se esqueça de citar seu site ou blog pessoal em seu currículo. Embora o Google possa não verificar seu blog ao revisar seu currículo, qualquer empresa de pequeno ou médio porte o observará. Isso é especialmente verdadeiro se o seu currículo for enviado ao gerente de contratação de TI.

Ter sucesso na busca de emprego com seu currículo perfeito

A redação do currículo técnico é uma das coisas mais importantes que você deve fazer ao procurar um novo emprego. Nesse caso, sua tarefa é se apresentar a um potencial empregador da melhor maneira.

Existem cinco dicas principais que você deve seguir:

  • Comece com o básico.
  • Adapte o currículo para cada trabalho .
  • Foco nos resultados.
  • Lide com as lacunas de emprego.
  • Fornece documentação de apoio.

Se tem vontade de entrar para o mundo da programação, ou já fez vários cursos e ainda não consegue uma posição é provável que você não tenha as habilidades que o mercado está procurando, candidatos a programadores que focam na linguagem que fizeram cursos, são vistos como copiadores de código e a taxa de rejeição a candidatos com esse perfil aumenta a medida que o mercado precisa de pessoas que saibam trazer soluções, e o código é apenas mais uma das centenas de linguagens disponíveis para se atingir o resultado.

A Fábrica de Programadores promove o conhecimento dos pilares básicos que todo programador precisa saber antes de digitar a primeira de código, e tudo ficará mais fácil quando chegar aos módulos de desenvolvimento de software.

Clique aqui e entre agora para o melhor lugar para aprender a programar do jeito certo e com acompanhamento de carreira.

Boa sorte!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *